O tamanho do pênis está entre os assuntos mais comentados quando o assunto é sexo; o que é estranho, se levarmos em consideração os inúmeros estudos e pesquisas que demonstram que o tamanho não parece afetar o que o parceiro pensa sobre o desempenho na cama.

Em outras palavras, não é o comprimento do membro o que irá prejudicar sua vida sexual, mas sim a sua preocupação excessiva com o tamanho dele. “A relação pode tornar-se problemática quando os homens dão atenção excessiva a essas questões, em vez de se divertir, desfrutar o momento, e encontrar maneiras de proporcionar prazer à pessoa amada,” diz David Frederick, professor assistente de psicologia da saúde na Universidade Chapman. Aqui, com a ajuda de Frederick, brindamos alguns fatos sobre o tamanho do pênis, que devem ajudá-lo a deixar para trás essa excessiva preocupação com o tamanho.

O tamanho do pênis realmente é importante
(Foto Cortesia de Yuji Sakai / Getty Images)

O tamanho médio de um pênis ereto é de aproximadamente 13 centímetros.
Recentemente, pesquisadores do Reino Unido combinaram dados sobre o tamanho do pênis de participantes de 20 estudos, comparando 15.521 pênis de homens, com 17 anos ou mais. Os profissionais de saúde realizaram todas as medições e nenhum dos participantes envolvidos poderia ter disfunção erétil, ou queixar-se de ter um pênis pequeno. Os resultados revelaram um comprimento médio de 9 centímetros para um pênis flácido e 13 centímetros para um pênis ereto. A circunferência de cada um deles variava entre 9,3 e 6,6 centímetros. Quatro dos estudos desse artigo revelaram uma relação significativa entre o comprimento de um pênis estirado e o comprimento de um pênis ereto. Não foi encontrada relação real entre o comprimento do pênis e o tamanho dos dedos; tamanho dos testículos; idade ou tamanho do pé.

Decepcionado? Isso se deve ao fato de que os homens mentem sobre seu tamanho.
Temos visto muitos estudos e pesquisas sobre o tamanho do pênis. Além de nos dar uma boa ideia do tamanho médio, esses estudos também nos demonstraram que os homens não são confiáveis quando se trata de revelar suas medidas corretas. “Geralmente eles vão exagerar essas medidas,” disse Frederick.

O tamanho provavelmente não vai ajudar a mulher a ter um orgasmo.
O que leva as mulheres a atingir o orgasmo varia muito, e de acordo com Frederick, apenas cerca de um quinto das mulheres podem atingir o clímax através da estimulação vaginal. Essa informação é complementada por este estudo que constatou que as mulheres que preferem pênis mais longos são as mais propensas a ter orgasmos vaginais.

O estudo utilizou dados de pesquisa proporcionados por 323 estudantes universitárias escocesas; elas detalharam seus orgasmos do último mês; informaram se o comprimento do pênis do parceiro afetava seus orgasmos, e quais eram suas preferências em relação ao comprimento do pênis. Esses resultados poderiam ser ligados à pesquisa, porém eles são apenas uma amostra bastante específica de um grupo de mulheres, e os dados são de uma enquete, de modo que é necessário realizar mais pesquisas antes de atribuir-lhes mais peso.

Seu peso é muito é mais importante para seu parceiro, do que o comprimento do seu pênis.
De acordo com este estudo de 2012, quando visto como parte de todo o corpo, o comprimento do pênis parece ter algum impacto sobre a atração. Ou seja, isso ocorre apenas quando ele atinge cerca de 8,3 centímetros (em seu estado flácido).

Para essa pesquisa, as mulheres visualizaram imagens de homens nus e flácidos, geradas por computador. A classificação de atratividade para esses homens nus aumentou até a marca de quase oito centímetros, então vemos que o comprimento do pênis já não era um fator muito relevante. Em vez disso, as mulheres focavam mais nas medidas entre o quadril e o ombro. Afinal, os homens altos têm grande dinâmica para agregar ao seu comprimento. Por outro lado, os mais gordinhos não puderam equiparar-se aos demais, por mais bem dotados que fossem.

A maioria dos homens está insatisfeita com o tamanho do pênis.
Como já foi demonstrado por vários estudos, incluindo o realizado por Frederick, muitos homens estão insatisfeitos com o tamanho do seu pênis. Independentemente se essa preocupação seja justificada ou não, seu descontentamento não deve ser ignorado. Essas preocupações podem afetar a imagem corporal de um homem e suas habilidades para ter um vida sexual plena e satisfatória.

“Poucos homens heterossexuais já chegaram a ver outros homens com pênis eretos; a menos que haja sido em pornografia, onde os tamanhos de pênis são exageradamente diferentes do padrão natural,” diz Frederick.

É bastante comum que a síndrome do pênis pequeno, afete um homem com um pênis de tamanho médio.
Talvez a prova mais clara de nossa obsessão com o tamanho do pênis surge desse artigo recente publicado no Reino Unido. Ele combina 12 estudos diferentes, incluindo alguns realizados por Frederick, para examinar cuidadosamente por que os homens estão tão preocupados com o tamanho do pênis. Essa avaliação se concentra na síndrome do pênis pequeno — uma condição na qual um homem com um pênis de tamanho médio crê que seu pênis seja muito pequeno. No entanto, chegar a conclusões mais contundentes sobre esse problema ainda requer que muitas outras áreas sejam mais exploradas.

Os pesquisadores dizem que a maioria dos homens não tem nenhuma necessidade de pensar que tudo gira em torno do tamanho (o tamanho do pênis do homem comum se enquadra nos padrões próprios de seu tipo físico). Eles também descobriram que a famosa relação entre raça e comprimento realmente precisa de mais evidências e que, mais uma vez, as mulheres estão menos preocupadas com as medidas do parceiro, e geralmente muito mais felizes com o que ele pode fazer por elas na cama.

Via mensjournalonyahoo
Por Taylor Kubota

  • Izabely Christina

    O tamanho do pinto não deve ser motivo de preocupação para nenhum homem. Sem dúvida alguma, o tamanho do pau não é documento. O importante é o homem saber comer a mulher de modo que ambos sintam prazer.
    As partes mais sensíveis da boceta são o clitóris e os primeiros centímetros do canal da boceta. Algumas posições ajudam a mulher sentir melhor a pica entrando, e o movimento de vai e vem da rola dentro da boceta (“papai e mamãe”, “de quatro”, “a profunda”, etc.).
    Pegada firme, com carinho, sempre dá prazer e faz feliz, independente do tamanho do piru! Mulher não se preocupa com o tamanho do caralho. Essa é uma preocupação exclusivamente masculina. E é uma preocupação supérflua, desnecessária. “O importante não é o tamanho da varinha, mas a mágica que ela faz!
    O homem deve acreditar em si mesmo, ter segurança, confiar no seu taco, ter atitude. É assim que a mulher, fêmea, vê no homem um macho.
    Ao pegar a mulher, o homem deve passar essa confiança, essa segurança; dominar. Então a mulher sente que está sendo pega por um macho. E isso é tudo o que a mulher quer. É tudo de bom. Mulher adora.